Sábado, 1 de Março de 2008

Fantasia tripla

Numa das minhas viagens a Lisboa, encontrei-me com duas amigas de longa data para tomar um café. Elas, que não se conheciam até então, entenderam-se bem. Depois, pelas conversas que tínhamos na net, descobri que ambas tinham a fantasia de estar com uma mulher, visto que nunca tinham experimentado. Logo me dispus a ajudar a realizar a fantasia. Conversei com ambas sobre a fantasia da outra e ambas ficaram em pulgas para a concretizar. Numa conversa de MSN fiz estar à conversa os três.

Então sugeri que numa próxima viagem a Lisboa, nos encontrássemos os três. Como pagamento por lhe realizar a fantasia, eu queria participar e colocar em prática a minha fantasia de estar com duas mulheres ao mesmo tempo. Elas concordaram. No entanto fui sabendo que elas se encontraram as duas e que tinham gostado muito da experiência. Quando fui a Lisboa novamente, combinámos ir jantar os três ao meu hotel. Elas estavam lindíssimas. Devem ter combinado, porque estavam as duas extremamente provocantes. Ambas de saia e com um decote generoso, por onde dava para ver o colo do peito. O jantar correu bem, sempre dando para ir sabendo umas coisas mais das experiências que ambas tinham tido.

No fim de jantar fomos até ao bar tomar um café e um digestivo. A conversa fluia e elas resolveram começar a atiçar-me. Uma cruzou as pernas, dando para ver as suas coxas morenas, bem torneadas enquanto outra brincava com o decote, abrindo-o e fechando. Eu já estava a ficar tonto de excitação propus subir para o meu quarto. Levantamo-nos e subimos pelo elevador. Chegado aos quarto, entrámos e elas encostaram-me de imediato à porta, dando-me as duas uma beijo ao mesmo tempo. As três línguas a tocarem-se ainda me acendeu mais o desejo que sentia. Rindo-se largaram-me e foram entrando mais no quarto, beijando-se e acariciando-se. deitaram-se na cama e as bocas colaram-se num beijo quente, fervoroso. Eu deixei-me ficar de pé, encostado à parede, apreciando a visão que elas me davam.

Elas começaram a despir-se e a beijar o corpo todo. Eu fui-me despindo ao ritmo delas. De quando em vez olhavam para mim e sorriam maliciosamente. Então, quando completamente nuas, uma delas deitou-se na cama e abriu as suas pernas ao máximo, deixando o seu sexo completamente rapado, rosa e húmido completamente à mercê da outra. O meu pau estava quase a explodir de tanta tesão. Rodando fizeram um 69, lambendo-se simultaneamente. Aquilo estava a ser demais para mim. Gemendo, viraram-se uma para a outra e encaixaram-se com as pernas em tesoura, aproximando ambos os sexos e roçando-os de forma lenta e extremamente sexual. Eu já não aguentava mais com aquelas imagens e com o som dos gemidos lânguidos que soltavam das gargantas. Aproximei-me delas e uma delas abocanhou-me o sexo teso. Fechei os olhos e apenas me deixei sentir o contacto da sua língua a percorrer todo o meu sexo, até sentir os seus lábios a tocarem-me na base dele e os cabelos na minha barriga. Deixei-me estar a ser lambido por ela enquanto os movimentos entre elas continuava.

Tirei-lhe o pau da boca e ofereci à outra, que me deu um tratamento igual. Deitei-me de costas e uma delas senta-se em mim, deixando-me penetrá-la até ao fundo. A outra sentou-se na minha cara deixando-me lambê-la com a mistura dos sabores de ambas. Eu esforçava-me para não me vir e elas beijavam-se a acariciavam-se mutuamente. Levantaram-se e trocaram de posição. Estava delicioso demais estar com elas as duas. Num esforço por me aguentar mais um pouco pedi que saíssem e continuassem entre si. O meu pau palpitava ao vê-las, mas ao menos aguentava mais um pouco o gozo. Então elas voltaram ao 69. Vendo-as assim cheguei-me por trás da que estava em cima e lentamente penetrei-a. A que estava por baixo, ao ver-me entrar, esticou a língua e eu senti a ponta da língua a percorrer o meu pau até fim, ao mesmo tempo que desaparecia dentro da outra. Os gemidos de todos eram intensos, os corpos suados esfregando-se, o cheiro a sexo no ar era inebriante. Não me aguentei mais e anunciei que me ia vir. Ela acelerou os movimentos, mandando-se completamente contra mim em movimentos sincronizados, fazendo-me enterrar cada vez mais fundo. Gozei de uma forma intensa, sentia cada pulsar do meu corpo enchendo o sexo dela com o meu gozo.

Quando acabei de gozar, saí dela e deixei-me estar assim. Então sinto uma boca a limpar-me o sexo de cada resquício de esperma que porventura tivesse. Sentei-me na cadeira que ali estava perto e apreciei o expetaculo de a ver engolir o meu esperma que saía do sexo da outra, sugando e lambendo, lambuzando-se toda.

A que estava em cima, voltou-se começou a lamber a cara, limpando-a a ela. As duas sorriram para mim e eu para elas. Que delicia de foda...
segredos de buonarotti2 às 23:44
chave secreta | aconselhar | preferir
|

*vivências partilhadas

*Calendário

*Prémio

*passearam com due e tto

a href="http://easyhitcounters.com/stats.php?site=buonarotti" target="_top">Counters
Free Counter

*o que contamos

* Mais um vídeo do nosso am...

* Glamour........

* árvore de natal 2

* Árvore de Natal

* acessórios

* parafilia

* ah! os pés!

* dicionário de fétiches

* bondage 4

* bondage 3

* bondage2

* bondage 1

* As manas

* Dicas práticas para menin...

* Sexo seguro

* Sexo - vida de casado

* tantric2

* tantric

* último tango emParis

* masks

* Lá fora começou a chover,...

* Trio improvável

* Poema de amor aguado

* A verdadeira história da ...

* Madonna - Erotica

* Ariel Strip

* Noites de verão

* Ah! o noso blog é quente!...

* Publicidade porta-a-porta

* cada um come do que gosta

* Boas férias!

* Viagem a Marrocos

* As mulheres excitam-me, n...

* Ora bolas!

* Princesa

* Fogo e paixão

* Atrás da porta

* Me deixas louca

* Problema com a tvcabo

* Desejo...

* Portugal, sempre!

* Guerra de mulheres

* Espero-te

* Domina-me

* Regresso ao passado 3

* Prelude du Fornication

* Banheiro

* Namoro digitalizado

* Empregada safada

* Gifmania II

*Retractos anónimos

*fechaduras... espreite:)

*Pirata

*Devoradora

*pesquisar

 

*Apelativa