Terça-feira, 11 de Março de 2008

Amanhecer no deserto

Homem de paixões soltas e livres, que correm como o vento do deserto... somos um pouco iguais... ambos nos deixamos levar ao sabor do desejo... da imaginação... da loucura... o dia está a nascer... o frio da noite está a desaparecer... e o sol a aquecer os panos da tenda onde descansamos.... quero acordar-te com beijos leves... beijos de escrava no seu sultão... os meus lábios irão percorrer os sulcos do teu corpo... até chegarem ao centro do teu prazer... devagarinho... a lingua roçando na tua pele...


Reparei que acordaste... pois senti a tua pele a arrepiar-se quando pousei a minha boca no meio das tuas pernas... o teu sexo estremeceu, quando a minha lingua o começou a percorrer vagarosamente desde a ponta até à base... agora tenho em frente aos olhos... um delicioso mastro, pronto a saltar para a minha boca... vai espraiar-se nela... aconchegar-se... tornar-se senhor... tal como o és do meu corpo... deixo-te entrar... e continuas quieto... muito quieto... só estremeces de leve quando te sugo com mais calor... a minha lingua volteia na cabeça do teu caralho... a minha mão... essa passeia loucamente entre os teus colhões... que aperta... que acaricia... e o teu buraco negro... onde faço perder o meu dedo... já não estás tão quieto... sinto a tua respiração acelerar... e a tua mão desceu sobre a minha cabeça... a guiar os movimentos... murmuras coisas que não entendo... e os gemidos que escapam da minha boca... misturam-se com os da tua... estás a segurar os meus cabelos com força... a empurrar a minha cara contra ti... sinto-me a sofucar... o teu caralho toca a minha garganta... 


O teu grito elevou-se no deserto... quando explodiste na minha boca... e inundaste-me, como se uma chuva repentina desabasse sobre a areia... e eu suguei-te, como a terra sedenta de água... deixo-te descansar na minha boca, até que o teu e o meu coração deixem de cavalgar como loucos...  depois... puxaste-me para ti... e beijaste a minha boca aonde impera o teu sabor e os restos do teu prazer... agora... as tuas mãos estão a percorrer o meu corpo... e agora sei que o sol vai brilhar para mim... e perco-me na miragem do meu desejo...
 

Mulher do norte
segredos de buonarotti2 às 12:38
chave secreta | aconselhar | preferir
|

*vivências partilhadas

*Calendário

*Prémio

*passearam com due e tto

a href="http://easyhitcounters.com/stats.php?site=buonarotti" target="_top">Counters
Free Counter

*o que contamos

* Mais um vídeo do nosso am...

* Glamour........

* árvore de natal 2

* Árvore de Natal

* acessórios

* parafilia

* ah! os pés!

* dicionário de fétiches

* bondage 4

* bondage 3

* bondage2

* bondage 1

* As manas

* Dicas práticas para menin...

* Sexo seguro

* Sexo - vida de casado

* tantric2

* tantric

* último tango emParis

* masks

* Lá fora começou a chover,...

* Trio improvável

* Poema de amor aguado

* A verdadeira história da ...

* Madonna - Erotica

* Ariel Strip

* Noites de verão

* Ah! o noso blog é quente!...

* Publicidade porta-a-porta

* cada um come do que gosta

* Boas férias!

* Viagem a Marrocos

* As mulheres excitam-me, n...

* Ora bolas!

* Princesa

* Fogo e paixão

* Atrás da porta

* Me deixas louca

* Problema com a tvcabo

* Desejo...

* Portugal, sempre!

* Guerra de mulheres

* Espero-te

* Domina-me

* Regresso ao passado 3

* Prelude du Fornication

* Banheiro

* Namoro digitalizado

* Empregada safada

* Gifmania II

*Retractos anónimos

*fechaduras... espreite:)

*Pirata

*Devoradora

*pesquisar

 

*Apelativa