Terça-feira, 15 de Abril de 2008

Virgem safada

Num fim-de-semana destes estava na casa de campo de um casal amigo, um pequeno monte no Alentejo, perto de Beja. Estava eu, esse casal e a filha de 17 anos, mais um casal e o filho com os 15 anos. Conhecíamo-nos há pouco tempo e eu não conhecia a filha deles nem o outro casal, mas tinha aceite o convite para o fim-de-semana pois precisava de descansar. O outro casal andava na casa dos 40, ele alto e forte, ela também alta, cabelo com madeixas, corpo bem definido e cuidado e dificilmente lhe daria a idade que tem. A filha do casal anfitrião é um monumento, linda, corpo escultural, grandes olhos azuis.

O que mais chamava a atenção era a sua boca, maravilhosamente desenhada, lábios carnudos e muito vermelhos, e as suas mãos, tão delicadas e bem proporcionadas. Ao jantar, feito na rua aproveitando o terraço e o calor falou-se de tudo, inclusive de sexo, onde a Sandra (a filha dos anfitriões) disse com todo o à vontade que era virgem e que tencionava assim permanecer até ao casamento. Percebi que o sexo era algo com que todos convivíamos bem e do qual toda a gente falava abertamente. Todos dissemos que ser ou não era uma opção dela mas demos-lhe os parabéns pela sua convicção. Eu, que já a achava linda fiquei ainda com mais tesão a pensar como seria tirar os três daquele monumento. Depois do jantar fiquei estendido numa espreguiçadeira imerso nos meus pensamentos, que iam sempre ter à Sandra e a fumar um charuto. Sem me aperceber ia massajando o pau que estava muito duro quando sou interrompido por uma voz.

- Dava cinquenta cêntimos para saber quem é a origem de tão belos pensamentos.
Fiquei todo vermelho, pois a voz era da Sandra e percebera que ela estava a ver o volume nos meus calções.
- Como sabes que são belos? Ou que merecem 50Cêntimos?
- Pelo volume dos calções devem ser pensamentos muito interessantes! – Respondeu rindo.
Ainda sem jeito mas recuperando a presença de espírito resolvi investir para ver o que dava.
- São muito interessantes sim, e são contigo!
- Comigo? Porquê? E o que estás a pensar?
- Porque és linda e apetitosa. Estou a pensar coisas que não podemos fazer.
- Porquê?
- Porque tens 17 anos, porque conheço os teus pais e porque queres continuar virgem. Ou é treta?
Ficou calada e parada, a olhar-me nos olhos.
- Não, não é treta. Mas querer continuar virgem não me impede de ter prazer sexual e de dar!
- Como assim? – Perguntei.
- Não te mexas! – Disse
Levou mão aos meus calções expondo o meu pau que, liberto dos calções, apontava para o ar mostrando os seus 26 cm.
- Hummmmmmm! Que pau lindo. Nunca vi um assim. Olha para a casa e vê se vem alguém.

E começou a punhetar-me, aquelas mãos deliciosas acariciavam o meu pau. Percebi que tinha experiência naquilo e que tinha gosto em fazê-lo. Sempre a olhar para dentro de casa via o resto do pessoal na conversa, relaxei um pouco mais gozando intensamente aquele momento de prazer. Ora com uma, ora com as duas continuava aquela punheta maravilhosa, alternado entre o pau e os colhões. Anunciei que me iria vir em pouco tempo e ela intensificou os movimentos e numa coordenação espantosa quando o primeiro jacto saiu baixou-se colocando a cabeça na boca fazendo-me vir todo dentro de si. Quando terminei continuou a brincar com o meu pau deixando o esperma escorrer da sua boca para o pau e depois voltando a pôr tudo na boca acabando a engolir tudo.
Sorriu para mim e disse

- Então? Que tal? Corresponde aos sonhos?
- Corresponde! - Respondi – mas deixaste-me com mais tesão, preciso de foder!
- Ui que linguagem. – E deu uma gargalhada. - Quando todos estiverem a dormir desce à sala. No meu quarto não que os meus pais podem ouvir.
E afastou-se. Deixando-me de boca aberta, mas ainda fiz uma pergunta.
- Hei, se és virgem como vais fazer isso? - Espera e vais ver.

O resto da noite foi passado com muita impaciência. Olhava para o relógio de 5 em 5 minutos e parecia que ninguém tinha sono. Finalmente, já passava das 2 da manhã, resolvemos ir deitar-nos. Deixei passar uma hora e às 3H desci para a sala. Pouco tempo depois desce a Sandra vestida apenas com uma t-shirt. Aquelas pernas enormes, os seios balançando debaixo da t-shirt, a sua silhueta iluminada apenas pela luz do luar que entrava pelas janelas. Sem demoras beijei-a, acariciando todo o seu corpo, as minhas mãos exploravam todos os centímetros da sua pele, deslizei os dedos pelo seu sexo que escorria de excitação.

- Podes tocar, podes lamber, mas não podes entrar – anunciou.
Caí de boca chupando e lambendo com afinco, saboreando o mais doce dos néctares e não demorou a que ela se viesse despejando na minha boca um liquido espesso e muito saboroso que bebi todo. Deixei-a recompor-se do orgasmo que tinha sido violento.

 
- E agora menina?
- Agora espero que gostes de cu!
Fiquei totalmente surpreendido e quase sem resposta mas lá consegui falar.
- Cu? Tu dás o cu? És virgem e dás o cu?
- Sim. Adoro sexo e como quero continuar virgem faço anal. Tens algum problema?
- Não! Bem pelo contrário.

Dito isto colocou-se de quatro no sofá e passou-me um tudo de Ky pedindo para passar muito, pois embora já tivesse feito várias vezes nunca com um pau como o meu. Comecei por lamber bem todo o seu olhinho e penetrá-lo com os dedos. Depois fui passando muito Ky até que ela me pediu para parar com aquilo e a comer como deve ser.
Não resisti mais e aproximei a cabeça do seu olhos que piscava com tesão. Pressionei e a cabeça entrou com relativa facilidade. Debaixo de mim ela gemia baixinho o que me entesou mais e fez entrar todo de uma estocada. Como resposta mais gemidos e um “fode-me com força cabrão” e eu assim fiz. Durante muito tempo comi o seu cu em todas as posições de que me lembrei, até que sem aguentar mais disse que me ia vir enchendo-lhe o cu com o meu leite.

Estávamos os dois cansados e todos suados. Deu-me um beijo na boca e subiu para o seu quarto. Eu fiquei na sala a fumar um cigarro. Eram quase seis da manhã e ao longe a primeira luz do dia despontava. Estava eu absorto no meu cigarro e a relembrar a bela noite que tinha sido quando oiço da porta da cozinha.

- Que belo espectáculo, um quarentão a comer o cu de uma teenager. Pode dar prisão!
Virei-me e reconheci a Sara, a quarentona do outro casal.
- Olá o que queres dizer?
- Eu vi tudo. Posso denunciar-te.
- Denunciar-me? Não faças isso Sara, vamos falar.
- Não precisamos de falar. Desde que me faças o mesmo.
E a sorrir subiu as escadas deixando-me ali sozinho a pensar.


ildoctore
segredos de buonarotti2 às 00:07
chave secreta | aconselhar | preferir
|
2 comentários:
De Nicéas Romeo Zanchett a 4 de Maio de 2008 às 23:48
Parabéns ao amigo Buonarotti. Seus postes são muito interessantes.Gostei muito mesmo.
Conheça o blog: http://homossexualismonasarteseletras.arteblog.com.br
Meu site > http://www.maerz.com.br - MUSEU DE ARTE ERÓTICA.
Espero que gostem
De buonarotti2 a 11 de Maio de 2008 às 19:19
Obrigado Nicéas pelo apoio, é sempre com muita alegria que recebemos estes comentários, ainda por cima de quem é muito especial. Um grande abraço

confiar-nos a palavra

*vivências partilhadas

*Calendário

*Prémio

*passearam com due e tto

a href="http://easyhitcounters.com/stats.php?site=buonarotti" target="_top">Counters
Free Counter

*o que contamos

* Mais um vídeo do nosso am...

* Glamour........

* árvore de natal 2

* Árvore de Natal

* acessórios

* parafilia

* ah! os pés!

* dicionário de fétiches

* bondage 4

* bondage 3

* bondage2

* bondage 1

* As manas

* Dicas práticas para menin...

* Sexo seguro

* Sexo - vida de casado

* tantric2

* tantric

* último tango emParis

* masks

* Lá fora começou a chover,...

* Trio improvável

* Poema de amor aguado

* A verdadeira história da ...

* Madonna - Erotica

* Ariel Strip

* Noites de verão

* Ah! o noso blog é quente!...

* Publicidade porta-a-porta

* cada um come do que gosta

* Boas férias!

* Viagem a Marrocos

* As mulheres excitam-me, n...

* Ora bolas!

* Princesa

* Fogo e paixão

* Atrás da porta

* Me deixas louca

* Problema com a tvcabo

* Desejo...

* Portugal, sempre!

* Guerra de mulheres

* Espero-te

* Domina-me

* Regresso ao passado 3

* Prelude du Fornication

* Banheiro

* Namoro digitalizado

* Empregada safada

* Gifmania II

*Retractos anónimos

*fechaduras... espreite:)

*Pirata

*Devoradora

*pesquisar

 

*Apelativa