Quarta-feira, 4 de Junho de 2008

Empregada safada

Esta história começa com umas férias no norte de Portugal. Estávamos eu e os meus pais. Era hora de almoçar por isso fomos a um restaurante de um hotel que estava perto da zona que estavamos a visitar. Mal entramos eu reparei nela. Uma linda empregada, chamemos-lhe Mariana, vinte e poucos anos, cabelo preto até ao fundo das costas, uma cara linda, mamas grandes e redondinhas e uma bundinha maravilhosa.

Passamos o almoço todo a dar olhares sacanas um para o outro, até que, na hora de ir buscar a sobremesa conseguimos falar um bocadinho. Foi o suficiente para ela me dar a chave do quarto dela. Quando os meus pais voltaram do bufet de sobremesas eu, que já tinha acabado de comer, lhes disse que ia dar uma volta e que nos encontravamos depois no carro. Escusado será dizer que fui directo ao quarto dela. Quando lá cheguei ela já estava nua em cima da cama. Mal me fui chegando ela foi logo tirando meu cacete pra fora e metendo-o na boca. Ao contrário da maior parte dos cacetes destes contos o meu não é muito grande, mas tem a particularidade de ser um bocadinho torto por isso chega a sitios que os outros só imginam.

Quando já tava em ponto de bala ela me disse que seu cuzinho ainda era virgem e me perguntou se eu não queria remediar a situação. Não foi preciso mais nada, primeiro comecei por pôr um dedinho e lhe pedi para relaxar, depois fui pondo mais dedos atá que chegou a altura de lhe meter meu cacete. Fui pondo a cabeça devagar mas depois que a cabeça entrou meti a resto com toda a força até às bolas. Ela deu um grito que se deve ter ouvido pelo hotel todo, depois comecei um vai vem maravilhoso ao mesmo tempo que lhe apalpava as mamas maravilhosas. Finalmente viemo-nos os dois ao mesmo tempo, quando tirei meu cacete de dentro dela ela meteu o dedo dentro do cuzinho para tirar meu esperma e por na boca, ao mesmo tempo eu ia chupando aquela buceta maravilhosa, lisinha, pouco depois ela voltou a ter um orgasmo.

Entretanto meu cacete já tava outra vez em ponto de bala. Abri as pernas dela e meti meu piço todo lá dentro de uma vez, depois me deitei na cama para ela poder cavalgar. Quando já estava quase tendo outro orgasmo ela saiu de cima de mim e voltou a chupar meu cacete até que meu liquido saiu e ela o engoliu todo sem deixar cair uma unica gota.

Depois arranjamo-nos e saimos do quarto. Infelizmente nunca mais fui passar férias para aquele sitio.

 

Pedro Bocas

segredos de buonarotti2 às 00:57
chave secreta | aconselhar | preferir
|
1 comentário:
De fulana a 28 de Abril de 2011 às 03:49
Que chatice

confiar-nos a palavra

*vivências partilhadas

*Calendário

*Prémio

*passearam com due e tto

a href="http://easyhitcounters.com/stats.php?site=buonarotti" target="_top">Counters
Free Counter

*o que contamos

* Mais um vídeo do nosso am...

* Glamour........

* árvore de natal 2

* Árvore de Natal

* acessórios

* parafilia

* ah! os pés!

* dicionário de fétiches

* bondage 4

* bondage 3

* bondage2

* bondage 1

* As manas

* Dicas práticas para menin...

* Sexo seguro

* Sexo - vida de casado

* tantric2

* tantric

* último tango emParis

* masks

* Lá fora começou a chover,...

* Trio improvável

* Poema de amor aguado

* A verdadeira história da ...

* Madonna - Erotica

* Ariel Strip

* Noites de verão

* Ah! o noso blog é quente!...

* Publicidade porta-a-porta

* cada um come do que gosta

* Boas férias!

* Viagem a Marrocos

* As mulheres excitam-me, n...

* Ora bolas!

* Princesa

* Fogo e paixão

* Atrás da porta

* Me deixas louca

* Problema com a tvcabo

* Desejo...

* Portugal, sempre!

* Guerra de mulheres

* Espero-te

* Domina-me

* Regresso ao passado 3

* Prelude du Fornication

* Banheiro

* Namoro digitalizado

* Empregada safada

* Gifmania II

*Retractos anónimos

*fechaduras... espreite:)

*Pirata

*Devoradora

*pesquisar

 

*Apelativa