Terça-feira, 17 de Junho de 2008

Domina-me

 

 

Já havia algum tempo que ela acompanhava os shows dele.
Ele gostava de vê-la dançar. Ela dançava de um jeito sensual, diferente...
Com isso, foi crescendo entre eles uma amizade, e sempre, nos intervalos dos shows, eles davam um jeito de, em um canto, longe dos olhares, se abraçarem, carinhosamente.
O perfume dele, fazia-a viajar...Ele a abraçava e suas mãos passeavam pelas suas costas até a altura dos quadris, fazendo-a arrepiar-se toda...
Um dia, ele foi mais além, tirou o chapéu que ela usava, e rapidamente cobrindo os rostos, roubo-lhe um beijo...Foi um beijo rápido, mas que fez com que ela se sentisse nas nuvens!
Ele então sussurrou em seu ouvido: "Um dia te pego, olha o que você faz comigo..."
Ela então pode sentir o volume que crescera por baixo da calça dele... Aquilo a deixou excitada e naquela noite ela dançou de maneira ainda mais sensual...
Por vezes os olhares se cruzavam e um sorriso de cumplicidade deixava claro o desejo que existia entre ambos.
Naquela noite ela foi dormir, ainda sonhando com aquele beijo...
Na manhã seguinte ela acordou com o toque do celular e logo reconheceu aquela voz: "Quero te ver!"
Ainda despertando, meio sem pensar, ela respondeu: "Só se for agora!"  "Ok, passo pra te pegar dentro de uma hora” ·
Ela foi tomar banho, já imaginando como seria estar nos braços dele...Ele tem um corpo bonito, definido pela musculação, braços fortes e isso mexia com a imaginação dela.
Ela passou óleo de banho e começou se tocar... Ali mesmo ela gozou.
Escolheu um lingerie preto, pois sabia ser essa a cor favorita dele...
Perfumou-se, arrumou os cabelos e escolheu a roupa mais sensual que tinha.
A buzina do carro avisou que ele havia chegado...
No caminho, dispensaram as palavras, apenas os olhares falavam por si...
No quarto do motel, mal ele fechara a porta, a segurou com firmeza pelos braços, e agora não mais um beijo roubado, mas um beijo de entrega, cheio de desejo, apaixonado...
As mãos deslizavam pelos corpos, quase que querendo penetrar a alma, um do outro, e assim foram se livrando das roupas...
Ela foi tirar a calcinha, mas ele segurou suas mãos..."Essa, sou eu que tiro..." Deitou-a na cama, e foi descendo pelo seu corpo, ora beijando, ora mordendo...Gestos rápidos, firmes..."Hoje  vou domar essa cowgirl!" ele falou.
Beijou seus seios como ninguém jamais havia beijado, sua língua passeava com firmeza, sugava, lambia...
Desceu com a língua sobre sua barriga, percorrendo o caminho da felicidade, e parando pra brincar com o piercing que ela usava. O piercing que muitas vezes ele observara e tinha prometido a ela que um dia iria beijar...
A língua dele descia, e quase se aproximava do clitóris, mas depois voltava, deixando-a louca de desejo...
Segurou suas pernas, tirou sua calcinha, admirando a parte mais erótica e desejada de seu corpo, ficando , literalmente, com água na boca...
Beijou suas coxas e as virilhas, como se saboreasse um doce, guardando o melhor para depois...
Quando seus lábios tocaram seu clitóris ela teve o primeiro orgasmo...
Seu corpo tremeu, os gemidos de prazer faziam com que ele beijasse ainda com mais vontade...Ele dominara aquela fêmea..
Ele olhou nos olhos dela: "Agora é sua vez, domina-me!".
Ele então, de joelhos sobre a cama ofereceu seu corpo.
Ela admirou com contemplação e começou a beijá-lo...
Beijou seu pescoço, seus ombros, percorreu seu peito...Foi descendo...
O caminho que fazia deixava-o louco...
A língua dela chegou próxima ao seu pênis e parou, agora era a vez dela fazê-lo esperar, suplicar.
Percorreu as virilhas, as coxas, passou as mãos em seus quadris, por vezes arranhando seu corpo...
A língua dela agora passeava sobre seu membro, ereto, quase explodindo, beijou cada parte, sugou, lambeu, ora suavemente, ora com voracidade, faminta, desesperada.
Olhava nos olhos dele e podia sentir que aquilo estava deixando-o louco de tesão...
Ele pegou-a pelos cabelos, segurando com firmeza e suavidade e beijou sua boca. "Não agüento mais..." exclamou!
Colocou-a de quatro e a penetrou, nessa posição ele podia admirar a beleza de seus quadris, que tantas vezes ele tinha visto dançando...
Ora ele batia suavemente em seus quadris, ora ele a pegava pelos cabelos levando o corpo dela junto ao dele, beijando sua nuca...
Ela estava totalmente dominada e aquilo a deixava louca...Gemidos, sussurros, palavras sem nexo... Aquilo é que era sexo!
Eles então tiveram orgasmos  juntos, seus corpos suados, cansados, extasiados...Um amor quase selvagem, animalesco.
Ele deitou seu corpo junto ao dela, abraçando-a, não precisava dizer nada, ambos sabiam o que aquilo havia significado para um e para o outro...




By: Agatha
Participação e Revisão:  Jeronimo Madureira

segredos de buonarotti2 às 22:59
chave secreta | aconselhar | preferir
|

*vivências partilhadas

*Calendário

*Prémio

*passearam com due e tto

a href="http://easyhitcounters.com/stats.php?site=buonarotti" target="_top">Counters
Free Counter

*o que contamos

* Mais um vídeo do nosso am...

* Glamour........

* árvore de natal 2

* Árvore de Natal

* acessórios

* parafilia

* ah! os pés!

* dicionário de fétiches

* bondage 4

* bondage 3

* bondage2

* bondage 1

* As manas

* Dicas práticas para menin...

* Sexo seguro

* Sexo - vida de casado

* tantric2

* tantric

* último tango emParis

* masks

* Lá fora começou a chover,...

* Trio improvável

* Poema de amor aguado

* A verdadeira história da ...

* Madonna - Erotica

* Ariel Strip

* Noites de verão

* Ah! o noso blog é quente!...

* Publicidade porta-a-porta

* cada um come do que gosta

* Boas férias!

* Viagem a Marrocos

* As mulheres excitam-me, n...

* Ora bolas!

* Princesa

* Fogo e paixão

* Atrás da porta

* Me deixas louca

* Problema com a tvcabo

* Desejo...

* Portugal, sempre!

* Guerra de mulheres

* Espero-te

* Domina-me

* Regresso ao passado 3

* Prelude du Fornication

* Banheiro

* Namoro digitalizado

* Empregada safada

* Gifmania II

*Retractos anónimos

*fechaduras... espreite:)

*Pirata

*Devoradora

*pesquisar

 

*Apelativa