Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

Publicidade porta-a-porta

 

 

Estava eu em casa quando ouço a campaínha da porta a tocar.
Estranho porque não espero ninguém a esta hora.
São 15h e passa pouco tempo que almocei.
Sinto um arrepio estranho e vou até à porta.
Abri e perguntei o que queria.
Parecia ser um rapaz para entregar publicidade, cheio de panfletos cheios de cor e desenhos e letras.
Ele perguntou-me se podia entrar, com ar muito calmo e sereno, e perguntou se poderia tomar um copo de água.


Eu olhei para ele de alto a baixo e senti outro arrepio pela espinha.
Pressentia algo, mas não conseguia descrever o quê.
Deixei-o entrar e ele pousou os papeis que trazia em cima da mesinha na entrada.
Não tive tempo de fechar a porta.
Agarrou-me contra a parede e beijou-me.
Estava duro e eu tentei lutar contra ele.
Ele apertava-me cada vez mais os braços e eu a lutar para sair.
Ele beija-me o queixo e morde-me no pescoço.
Aí eu dou por perdida a luta e começo a ficar cada vez mais molhada.
Estou com um vestido de alças, acima do joelho.
Com as pernas dele abre as minhas, solta-me as mãos e puxa-me o vestido para cima.
Eu, cheia de tesão, agarro-o e beijo-o enquanto ele me tira as cuecas.
Começa então a apalpar-me e a tocar-me no clítoris e eu deliro.


As minhas mãos passam pelo corpo dele e sinto-o cada vez mais duro.
Desaperto-lhe as calças com uma mão e puxo-o contra mim com a outra.
Ele não tem roupa interior, e como está tão teso, o pau dele sai para fora e fica no meio das minhas pernas.
Sinto-me indefesa e tão molhada.
Ele mete-me a mão na boca e penetra-me com força.
Tento gemer mas não consigo.
Penetra-me duas ou três vezes mas não se satisfaz.
Agarra-me pelos cabelos e vira-me para a parede.
Rasga-me o vestido e, enquanto me puxa os cabelos, penetra-me no rabo.


Ele diz-me no ouvido:
- Grita baixinho, senão é pior pra ti.
Eu deliro com aquele pau dentro do meu rabo e mordo os lábios.
Não reparo que a porta está entre-aberta e, entretanto, o colega deste rapaz entra-me pela casa a dentro.
Ao ver isto, este desaperta as calças e diz para o outro:
- Divide-a comigo.
Então o primeiro dobra-me e obriga-me a fazer um broche ao colega.


O resto fica para outro dia :)
 
 
Arisca e Sedutora
segredos de buonarotti2 às 12:03
chave secreta | aconselhar | preferir
|

*vivências partilhadas

*Calendário

*Prémio

*passearam com due e tto

a href="http://easyhitcounters.com/stats.php?site=buonarotti" target="_top">Counters
Free Counter

*o que contamos

* Mais um vídeo do nosso am...

* Glamour........

* árvore de natal 2

* Árvore de Natal

* acessórios

* parafilia

* ah! os pés!

* dicionário de fétiches

* bondage 4

* bondage 3

* bondage2

* bondage 1

* As manas

* Dicas práticas para menin...

* Sexo seguro

* Sexo - vida de casado

* tantric2

* tantric

* último tango emParis

* masks

* Lá fora começou a chover,...

* Trio improvável

* Poema de amor aguado

* A verdadeira história da ...

* Madonna - Erotica

* Ariel Strip

* Noites de verão

* Ah! o noso blog é quente!...

* Publicidade porta-a-porta

* cada um come do que gosta

* Boas férias!

* Viagem a Marrocos

* As mulheres excitam-me, n...

* Ora bolas!

* Princesa

* Fogo e paixão

* Atrás da porta

* Me deixas louca

* Problema com a tvcabo

* Desejo...

* Portugal, sempre!

* Guerra de mulheres

* Espero-te

* Domina-me

* Regresso ao passado 3

* Prelude du Fornication

* Banheiro

* Namoro digitalizado

* Empregada safada

* Gifmania II

*Retractos anónimos

*fechaduras... espreite:)

*Pirata

*Devoradora

*pesquisar

 

*Apelativa