Terça-feira, 22 de Abril de 2008

Milo Manara

As histórias de Manara geralmente giram em torno de mulheres elegantes, bonitas expostas a cenários e enredos eróticos improváveis e fantásticos. Em alguns de seus livros mais famosos estão os contos "Il Gioco" (1983, em quatro partes, de "Click"), sobre um dispositivo que deixava as mulheres incontrolavelmente excitadas, e "Il Profumo dell'invisibile " (de 1986, em Butterscotch), sobre a invenção de uma tinta que deixava seu portador invisível.

O estilo de Manara favorece linhas mas simples e limpas para mulheres – que são muito voluptuosas, diga-se de passagem - e reservam traços mais complexos para seus monstros ou outros elementos sobrenaturais. Como o seu compatriota Tinto Brass, tem uma evidentemente uma fixação por mulheres com nádegas firmes e bonitas, quadris largos, seios grandes e semblante angelical.
 
Muitos de seus desenhos contêm temas como bondage, sadismo, e voyeurismo, sobrenaturais, e a tensão sexual sob diversos aspectos da sociedade italiana. Os seus trabalhos são bem esclarecidos e explícitos, mas o humor-negro é sempre dirigido à misoginia.
 
O talento de Manara criou ao longo do tempo um clima de assombro e êxtase, e onde quer que esteja é celebrado e homenageado por fãs, e, devido a muitas de suas incursões aos temas mais “tradicionais”, também é extremamente reverenciado pelos média popular ou especializada.
 
O seu trabalho atingiu o público no continente americano em grande parte pelos trabalhos expostos na revista Heavy Metal. Curiosamente, Manara é menos popular na Itália que na França, onde é considerado um dos maiores Autores de Banda Desenhada do mundo.
in: wikipedia
segredos de buonarotti2 às 14:05
chave secreta | aconselhar | preferir

*vivências partilhadas

*o que contamos

* Milo Manara

*fechaduras... espreite:)

*pesquisar